Obesos no treino funcional: veja cuidados para ter com seus alunos

É possível ter alunos obesos no treino funcional? Com certeza! Saiba que essa metodologia de treinamento garante que as pessoas dos mais variados tipos físicos possam participar das aulas, desde que elas tenham o aval do médico.

Consultoria de Treinos Online

Porém, não devemos esquecer que cada aluno demanda uma atenção especial com as suas peculiaridades e necessidades, o que definitivamente é o caso das pessoas acima do peso que iniciam no esporte.

No artigo de hoje nós abordaremos algumas questões para que o seu aluno consiga manter o ritmo na sua aula sem que ele se lesione ou tenha algum dano à sua saúde! Ficou interessado(a) para saber mais? Continue lendo!

Reconhecendo algumas limitações iniciais

Antes mesmo de iniciar a sua aula de treinamento funcional é imprescindível que você leve em consideração a limitação de alguns alunos. No caso dos obesos, é essencial observar que exercícios que demandam muita força, como a barra flexão na barra fixa, estão fora de questão.

Esses exercícios causam uma sobrecarga nas articulações das pessoas que estão acima do peso, o que eventualmente causará lesões e, consequentemente, a desistência da prática da atividade física — isso sem mencionar a falta de condicionamento para a execução de uma boa repetição.

Por essa razão, a escolha de exercícios deve ser um dos principais pontos do seu planejamento. Com essa seleção realizada, é possível continuar com a estruturação de um treinamento integrado, eficiente e seguro para o seu aluno.

Lembre-se de que a força e a capacidade aeróbica devem ser trabalhadas de maneira gradativa.

Dando a devida importância ao aquecimento e ao alongamento

Um dos maiores erros na hora de se exercitar é não realizar um bom aquecimento. Porém, apesar da importância, na hora de preparar um aquecimento para um aluno fora de forma é necessário que você saiba “dosar” a medida para que ele não seja nem muito desgastante e nem ineficaz.

Um aquecimento muito intenso pode fazer com que esse aluno não consiga perdurar por todo seu treinamento, e um aquecimento mal realizado faz com que o praticante não consiga ter um bom rendimento físico (além de aumentar a chance de se lesionar).

Quanto aos alongamentos, eles devem ter atenção especial, principalmente se o indivíduo for sedentário. Eles serão responsáveis por ajudar na postura e também na liberação de tensão em certas áreas corporais que podem ser essenciais para o bom rendimento esportivo.

Com todos esses pontos devidamente solucionados, o treinamento será eficiente e trará excelentes benefícios para os seus adeptos. Muitas pessoas conseguiram mudar as suas vidas após ingressarem no treinamento funcional.

Um dos maiores exemplos que nós podemos citar é o do inglês Mike Waudby, que conseguiu sair da obesidade e de um sedentarismo extremo para um corpo fantástico com um estilo de vida bem mais ativo. Mike chegou a tentar se suicidar, e após uma tentativa mal sucedida, ele foi capaz de agir em prol da sua vida até se tornar um reconhecido personal trainer com uma dramática e emocionante história de superação.

Fora o inglês, centenas de outros casos foram citados na mídia, o que claramente demonstra que o treinamento funcional é para todos!

receitas diarias batata doce

Esse foi o nosso artigo de hoje sobre obesos no treino funcional! Conhece algum aluno acima do peso? Recomende receitas saudáveis para que os resultados sejam potencializados!

Dicionário de Treinos Gratuito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *